Home » Brasil » Engenheiro resgatado com vida em Brumadinho relata o pânico após barragem romper

Engenheiro resgatado com vida em Brumadinho relata o pânico após barragem romper

Um engenheiro eletricista de Birigui, cidade do interior de São Paulo, trabalhava em Brumadinho e foi resgatado com vida nesta sexta-feira (25). Rawgleison Batista Amaral trabalhava na instalação de um sistema de sinalização em um cruzamento próximo ao local da tragédia, e relatou a tragédia.

“Após momentos difíceis, tivemos de correr pela vida, correr para sobreviver. Foi um susto muito grande, mas estou bem, saí ileso, sem ferimento algum e agora é abraçar a família e viver, porque sabemos que a vida é muito curta, muito rápida”, disse o engenheiro.

O engenheiro estava do lado de fora de um refeitório quando ouviu um barulho distante e percebeu que a barragem havia se rompido. ”Quando eu vi aquele monte de árvore, terra, caminhão, caminhonete sendo empurrada, a única coisa que você pensa é em correr.”

“Eu não iria conseguir [fugir], a lama iria me pegar. Graças a Deus passou uma caminhonete do nosso lado, a gente gritou. O cara parou, foi um anjo que teve a paciência de parar, esperar, então eu pulei na caçamba da caminhonete e o cara arrancou. Mais uns 300 metros e ele parou de novo, várias pessoas subiram na caminhonete. Foram mais de 15 pessoas resgatadas. Então ele acelerou e foi para uma área mais alta”, contou.

Em um áudio encaminhado para a família logo após o resgate, ele contou que não foi atingido pela lama por pouco tempo.

“Família, foi por muito pouco. Muita gente que estava comigo morreu, não conseguiram fugir a tempo. Deus me abençoou. Deus me mandou um anjo, uma caminhonete passou por mim, parou. Eu pulei na caçamba na hora. Foi um momento difícil. Eu correndo, vi árvore vindo, carro vindo, destruiu prédios, o restaurante que eu estava. Eu não estava conseguindo correr o suficiente. [A lama] iria me pegar. Se eu não pulasse na caminhonete eu não teria conseguido. Glória a Deus, Deus me abençoou demais. Mais essa, Deus me livrou da morte e foi muito bom para a minha vida.”

Rawgleison chegou ontem (27), a sua casa em Birigui (SP). “Chegamos ilesos. E fica só o susto agora, e nossos sentimentos para as famílias lá de Brumadinho”, disse o engenheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*