Home » São Carlos e Região » ‘Jogos Jurídicos Estaduais’ promoveram emprego e renda em São Carlos

‘Jogos Jurídicos Estaduais’ promoveram emprego e renda em São Carlos

Competição estadual foi responsável pela injeção de mais de R$ 2 milhões no comércio e o emprego temporário de 800 trabalhadores

O resultado positivo da primeira realização em São Carlos dos Jogos Jurídicos Estaduais – JJE, não poderia ser diferente. Em apenas três dias de realização (07 a 09 de setembro), foram injetados na economia local mais de R$ 2 milhões de reais, movimentando em torno de 59 setores como transporte, lojas, bares, restaurantes, padarias, postos de combustíveis, rotisseries, postos de combustíveis, lanchonetes, serviços autônomos (segurança, limpeza, eletricistas, encanadores, atendentes de bares), hotéis e etc.

Um número bastante expressivo de trabalhadores são-carlenses – em torno de 800 – teve a oportunidade de uma renda extra e, em muitos casos, um valor que supera o trabalhado em um mês. Tanto a organização quanto o comércio beneficiado, comemoram a realização da competição estadual que superou as expectativas iniciais.

90% de ocupação hoteleira e aumento nas vendas de 40%

 

O que era para ser um feriado com quartos e leitos vazios foi transformado em dias de muito trabalho e ocupação de quase 100% da capacidade dos hotéis da cidade.

Heber Parisi, dono de um dos hotéis, comemorou a realização dos Jogos Jurídicos Estaduais em São Carlos. “Estamos bem felizes com os jogos, dinamizou e deixou a cidade mais atrativa. Vínhamos registrando uma queda acentuada em nosso movimento nos últimos três anos, mas, com a competição universitária, tivemos 90% de nossos leitos ocupados”, destacou.

Outro setor que também teve motivos para contabilizar aumento nas vendas foi o das lanchonetes. Em sua grande maioria, os locais tiveram que contratar funcionários extras para atenderem a demanda dos três dias de realização dos jogos.

Elenita Oliveira Carmo, gerente da Subway em São Carlos, informou que na sua unidade foi necessária a contratação de mais funcionários para o período e que o aumento nas vendas foi de 40%.

Além das lanchonetes com instalações fixas, vendedores ambulantes também lucraram com a oportunidade, tanto nos arredores de onde foi montada a integração dos universitários participantes, quanto no perímetro das praças esportivas onde aconteceram as disputas como Milton Olaio, Zuzão, Santa Felícia, Ginásio do Caaso, entre outros.

“Além dos resultados indiretos, temos as contratações diretas em que a maioria do staff do evento é da cidade mesmo. Sem dúvida, nesse momento de crise, eventos como esse são uma grande oportunidade de gerar receita que pode contribuir para a economia de São Carlos e região”, afirmou Tiago Panela, da Usina Universitária, organizadora dos Jogos Jurídicos Estaduais.

Sobre os Jogos Jurídicos Estaduais

Os Jogos Jurídicos Estaduais de São Paulo têm mais de três décadas de história, o que os torna uma das maiores e mais tradicionais competições universitárias do Brasil. Realizado pela primeira vez em São Carlos, participaram desta que foi a 42ª edição, as universidades Mackenzie, Puc, Puc Campinas, Facamp, FMU, USP Ribeirão, Sanfran, FDF, São Judas, São Bernardo, Santos e Mackenzie Campinas. Os jogos estarão acontecendo de 07 a 09 de setembro.

Ao todo, cerca de 5.000 atletas universitários disputaram o título dentre as modalidades de atletismo; judô; jiu jitsu; natação; xadrez; tênis de mesa; futebol de campo; rugby; futsal; vôlei; basquete; handebol e tênis de campo.

Sagrou-se campeã geral da série ouro, a Universidade São Francisco e, da série prata a São Judas, ambas da capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*