Home » São Carlos e Região » Laudo aponta que CEME pode funcionar normalmente em São Carlos

Laudo aponta que CEME pode funcionar normalmente em São Carlos

O atendimento no CEME (Centro Municipal de Especialidades Médicas) está acontecendo normalmente no prédio localizado na rua Amadeu Amaral, 555, na Vila Izabel. Uma vistoria técnica, realizada no final de semana, apontou que não há impedimentos para a utilização das edificações do CEME. Na semana passada, houve o deslocamento de apoio de uma das vigas e um dos balcões de atendimento foi interditado.

A vistoria técnica foi realizada e assinada pela engenheira civil e diretora do Departamento de Informação, Documentação e Patrimônio da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Ana Cristina de Mattos Moraes Andrade, com apoio da engenheira civil da Secretaria da Saúde, Rosely Victuri. No sábado, 23, foram vistoriadas 84 ambientes internos e o pátio externo.

“O deslocamento da viga não oferece problemas para o prédio. Está localizado e com o isolamento da área e o escoramento, a edificação está segura. Durante a vistoria, não identificamos nada que indicasse a falta de segurança no prédio. Encontramos coisas pontuais relativas à manutenção”, afirmou a engenheira Ana Cristina.

A área interditada não traz prejuízo no atendimento e o processo para a reforma já está em andamento. “Com o laudo da Defesa Civil, vamos elaborar um projeto emergencial para restaurar o dano o mais rapidamente possível”, contou a engenheira da Saúde, Rosely Victuri.

Na última sexta-feira, 22, o SINDSPAM (Sindicado dos Servidores Públicos e Autárquicos de São Carlos/SP e Dourado/SP) foi acionado pelos servidores e também acompanhou o assunto. “Os servidores nos pediram uma ajuda. Acionamos o secretário de Saúde e solicitamos uma vistoria para atestar a segurança do prédio e para auxiliar, compramos o madeiramento e hoje, de posse do laudo, estamos mais tranquilos”, informou Luciney Custódio, vice-presidente do SINDSPAM.

O CEME é um ambulatório de referência em especialidades médica, atende aproximadamente 15 mil pessoas por mês, entre consultas, exames e demanda espontânea. “O CEME está funcionando normalmente, a área interditada não interfere no atendimento”, informouLindiamara Talita Soares, supervisora do CEME.

“Tomamos todas as medidas necessárias para garantir a continuidade dos serviços prestados a população e também a segurança de todos os funcionários”, enfatizou o Marcos Palermo, secretário de Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*