Home » São Carlos e Região » MINISTÉRIO DA SAÚDE VISITA UPA DO SANTA FELÍCIA PARA NOVO CREDENCIAMENTO

MINISTÉRIO DA SAÚDE VISITA UPA DO SANTA FELÍCIA PARA NOVO CREDENCIAMENTO

Técnicos do Ministério da Saúde estiveram na terça-feira (30), em São Carlos, visitando a UPA do Santa Felícia. A visita teve como objetivo avaliar o funcionamento e as condições da unidade para a realização de um novo credenciamento junto ao Governo Federal e assim retomar o convênio e habilitar o município a receber um valor mensal para custeio dos serviços.

“A técnica já nos informou que a unidade será habilitada e qualificada, mas é preciso que o município faça o cadastramento no Ministério da Saúde através de documentos como alvará de funcionamento, escalas médicas, pessoal de enfermagem. Assim que a gente conseguir fazer esse cadastramento no site, nós receberemos um comunicado e será publicado o credenciamento no Diário Oficial da União, em seguida, o custeio de R$ 100 mil começa a ser repassado”, explicou Fausto Rodrigo Sposito, diretor do Departamento de Gestão do Cuidado Hospitalar.

Após essa fase, a UPA passará pela qualificação. Com a qualificação, São Carlos receberá mais R$ 70 mil para o custeio da unidade, totalizando um repasse de R$ 170 mil. “A unidade será qualificada por ter todas as condições como, por exemplo, dois enfermeiros por plantão e de ter todos os equipamentos necessários. Hoje, ela é uma UPA porte 1 com opção de porte 3. Para isso, teremos que cumprir algumas solicitações”, informou Fausto.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) “Dra. Maria Dóris de Campos Pereira Lopes”, foi reaberta em agosto. A unidade estava fechada desde janeiro de 2017 por falta de médicos para o atendimento de urgência e emergência. Hoje, funciona com mais de 50 profissionais. Por causa do fechamento, o repasse do custeio de R$ 100 mil reais foi suspenso pelo Ministério da Saúde.

A unidade conta com salas de recepção e de espera, consultórios médicos, salas de ressuscitação, medicação, inalação, sutura, curativo, ortopedia, raio-x, leitos de observação clínica masculina, feminina e infantil, consultório odontológico, entre outras repartições como acesso exclusivo para ambulâncias e área administrativa com almoxarifados e salas para arquivo.

“A equipe da saúde, especialmente das UPAS, fez um trabalho intensivo. Estamos alimentando o sistema, enviando documentos e vamos notificar o Ministério que estamos aptos a exercer e receber os recursos que nos auxiliam muito. Em seguida, faremos o processo de credenciamento e qualificação da UPA do Cidade Aracy. Acredito que até o começo do próximo ano ela também estará habilitada para receber recursos do Ministério da Saúde”, afirmou o secretário de Saúde, Marcos Palermo.

A técnica também esteve na UPA da Vila Prado que seguirá recebendo R$ 170 mil mensais do Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*