Home » Brasil » Mulher é encontrada nua, com sinais de estupro e estrangulamento em estrada

Mulher é encontrada nua, com sinais de estupro e estrangulamento em estrada

Uma mulher foi largada em uma estrada do Espírito Santo com sinais de abuso sexual e estrangulamento após ser espancada, na madrugada da última segunda-feira (4). O ex-companheiro dela é o principal suspeito do caso. 

Jonas Guimarães do Amaral Neto tem um mandado de prisão preventiva

Segundo a reportagem, Jane Cherobin, 36 anos, foi levada para um hospital, onde permanece internada. Um mandado de prisão preventiva foi expedido nesta terça-feira (4) para o namorado da vítima, identificado como Jonas Guimarães do Amaral Neto, 34 anos. O carro dele foi encontrado próximo à mulher por seus irmãos, na estrada que leva ao Parque Nacional do Caparaó.

“Cada vez que eu olho como ela ficou eu me desespero, dá vontade de bater a cabeça na parede. Ela ficou machucada da cabeça ao dedo do pé. Quando eu fecho os olhos, ainda vejo minha irmã despida, jogada com a cabeça no asfalto, praticamente morta. Ela tinha pulsação, talvez se fosse encontrada meia hora mais tarde, não daria para sobreviver”, disse Salvador Cherobin.

Segundo Salvador, Jane ainda não consegue se alimentar, nem falar ou abrir os olhos. “O olho não abre, só sangra. O nariz está quebrado, ela respira com dificuldade, a cabeça está cheia de hematomas, o pescoço está com um inchaço absurdo. Está sem previsão de alta. A situação está bem crítica, mas não corre risco de morte. Ela bebe água com ajuda de uma gases e apenas molhando os lábios”, relata.

O casal estava junto há aproximadamente um ano e meio. Ambos faziam um trabalho temporário noturno em uma choperia. Salvador contou que eles deixaram o local, na localidade de Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, no Espírito Santo, por volta das 2h na última segunda-feira (3), e seguiriam de carro até a cidade onde moram, Espera Feliz, em Minas Gerais.

Foto: Arquivo pessoal

Um comentário

  1. Esse cafajeste é o símbolo perfeito do tal cidadão de bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*