Home » São Carlos e Região » PREFEITO AIRTON GARCIA VISITA COMERCIANTES E PROMETE EMPENHO NA CAPTAÇÃO DE RECURSOS PARA OBRAS DE COMBATE A ENCHENTE

PREFEITO AIRTON GARCIA VISITA COMERCIANTES E PROMETE EMPENHO NA CAPTAÇÃO DE RECURSOS PARA OBRAS DE COMBATE A ENCHENTE

O prefeito Airton Garcia visitou, na manhã desta quarta-feira (21), a região do Mercado Municipal, local mais prejudicado pela chuva que caiu na tarde de terça-feira (20). O prefeito conversou com comerciantes, acompanhou os trabalhos de recuperação das vias e calçadas e a avaliação do canal do Mercado. “A chuva trouxe muitos prejuízos. Mas a Prefeitura não medirá esforços para a recuperação da cidade. Todas as secretarias estão empenhadas no trabalho. Os problemas poderiam ter sido ainda maiores se não fosse a ação rápida e o trabalho integrado. Hoje, vejo que todo mundo está tentando fazer algo para que tudo de certo”, afirmou o prefeito Airton Garcia.

A Prefeitura de São Carlos decretou estado de emergência. Os prejuízos estão sendo calculados, mas podem ultrapassar os R$ 2 milhões, segundo levantamento preliminar da Defesa Civil. Cento e quatro lojas foram atingidas, 25 veículos e 12 motocicletas sofreram danos.

A chuva se concentrou na Bacia do Córrego Gregório que tem aproximadamente 12 quilômetros quadrados de extensão. Foram 69 milímetros de chuva, em um pouco mais de 30 minutos. Houve alagamento das ruas perpendiculares e as paralelas do córrego, enxurradas e inundações em vários locais. O leito do rio foi parcialmente destruído, além do pavimento asfáltico de várias vias. Duas pontes foram danificadas e o calçamento do Mercado Municipal sofreu rachaduras devido às infiltrações e a pressão interna.

“A chuva criou uma enxurrada de cerca de 1,40 metros na baixada do Mercado. Os principais problemas foram a destruição parcial das ruas e calçadas e as lojas que perderam mercadorias e portas. O calçamento do mercado foi interditado para análise devido as rachaduras que apareceram. A liberação deve ocorrer na manhã desta quinta-feira (22)”, explicou Pedro Caballero, diretor da Defesa Civil.

Na manhã desta quarta-feira (21), o secretário de Obras Públicas, Reinaldo Peronti, acompanhado do Corpo de Bombeiros, fez uma vistoria dentro do canal, na região do Mercado. “Não existe risco de desabamento. Nós percorremos toda a galeria tamponada, verificamos se havia alguma fissura, algum problema estrutural que pudesse provocar um desabamento e não encontramos nada. Como os pisos estão levantados, vamos fazer uma limpeza para que não haja acidentes com os pedestres e liberar a área”, afirmou Peronti.

A ação imediata da Prefeitura de São Carlos foi fundamental para retomada. “Eu estava em São Paulo, mas a equipe da Prefeitura foi rápida. Mobilizamos mais de 150 pessoas, entre funcionários públicos, Corpo Bombeiros, Guarda Municipal, Polícia Militar e empresas privadas. Os comerciantes reconheceram essa rapidez”, contou o prefeito Airton Garcia.

O presidente da ACISC, José Fernandes Domingues, também conversou com o prefeito. “Ficamos muito tristes em ver o nosso comércio mais uma vez sofrendo com essa tragédia de alagamento na região central. Sofre o comércio e empresários, mas também a população. Temos que ressaltar o empenho da Prefeitura que nos auxiliou e deixou tudo limpo para que o comércio estivesse funcionado logo pela manhã. Vamos trabalhar junto com a administração para que São Carlos consiga verbas para reverter essa situação”, contou José Fernandes.

Para minimizar as perdas, muitos comerciantes resolveram liquidar o estoque. “Perdemos muitos produtos, cerca de 400 pares de calçados. Vamos tentar recuperar hoje da melhor forma possível”, disse Daniel Rohrer da Silva, comerciante. “A chuva foi muito forte e muito rápida. Quase não deu tempo de colocarmos as comportas. O trabalho de limpeza foi muito eficiente”, contou Ivone Zanchim, comerciante e vice-presidente da Associação Comercial de São Carlos.

A solução para o problema de enchentes na cidade depende de vários projetos. Um deles está sendo analisado pelo DNIT e ultrapassa os R$ 15 milhões. “A Prefeitura vai correr atrás de todos os Ministérios e instituições que possam destinar recursos para a realização de obras contra enchentes. Os projetos são onerosos, alguns já estão tramitando no DNIT. Vamos buscar meios de agilizar essas liberações e resolver de vez esse problema na cidade”, concluiu o prefeito Airton Garcia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*