Vereador Robertinho Mori questiona pintura de faixas de pedestres azul e branca

O vereador Robertinho Mori vem questionando a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito sobre qual a justificativa para a utilização de faixas de pedestres coloridas, já que de acordo com o Manual de Sinalização Horizontal DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito), a pintura em azul e branco está fora de padrões e acarreta mais custos ao município.

Em maio de 2018, o parlamentar apresentou requerimento solicitando do Poder Executivo os motivos de tal prática e por diversas sessões plenárias na Câmara Municipal, durante sua fala, indagou sobre essa questão.

 


Conforme destacou Robertinho Mori, a pintura colorida das faixas tem causado polêmicas e motociclistas afirmam que quando molhada, fica escorregadia, contribuindo para a derrapagem, causando acidentes.

“Existem muitos locais que precisam de manutenções, principalmente nas escolas e postos de saúde. As faixas pintadas na cor azul têm 60 cm e a cor branca tem 40 cm. Sendo assim cada duas faixas pintadas na cor azul e branca, daria para pintar cinco faixas na cor branca, atendendo mais demandas e trazendo mais segurança aos pedestres”, argumentou o vereador.

Fotos: Divulgação / Câmara Municipal de São Carlos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.